Fabio Renato Villela - Escritor

Lettre, l´art et la culture

Textos


A Canção de Istambul

Agora, mais que nunca,
é preciso cantar-te, "Porta dos dois mundos".
Mais que nunca, é preciso cantar-te,
pois eis que as hordas fascistas
atendem ao uivo da cadela brechtiana
e se arrogam o direito de solapar
a tua democracia, a tua história,
o teu encanto e a tua poesia.
Cantar-te é preciso, homem e mulher de Istambul,
cujos peitos enfrentam a metralha
dos psicopatas travestidos de "mantenedores da ordem",
para que não pereça em suas sórdidas mãos e intenções
a grandeza que o Poder se reveste
quando quem lhe outorga é o seu único e legítimo possuidor:
o bravo povo da Turquia!


Toda solidariedade ao povo turco.
Fabio Renato Villela
Enviado por Fabio Renato Villela em 15/07/2016
Alterado em 15/07/2016
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para o site "www.fabiorenatovillela.com"). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras